top of page
  • Foto do escritorProjeto Transformar

Setembro Amarelo - Psicóloga Bianca Brotherhood

"Se precisar, peça ajuda" - Tema de 2023.

Olá, meu nome é Bianca e sou psicóloga clínica, formada em 2019 pela IBMR e pós-graduada em saúde mental em 2023 pela Anhanguera.

Gostaria de abordar algumas questões que considero importantes sobre o suicídio e a ideação suicida.

Para contextualizar, por que Setembro foi escolhido como o mês de atenção e combate ao suicídio? Essa data foi criada após um jovem americano chamado Mike Emme, de 17 anos, em 1994, tentar tirar a própria vida, o que motivou uma manifestação dos pais em seu velório. Eles distribuíram cartões com uma fita amarela em referência ao carro que ele havia pintado, sendo o amarelo a cor escolhida por Mike.

O Setembro Amarelo é um momento de conscientização mundial, ou seja, todos os países ao redor do mundo dedicam este mês à conscientização sobre os transtornos psíquicos que afetam as pessoas e à importância dos canais de comunicação. Precisamos estar atentos aos sinais que podem ser dados, seja de forma silenciosa ou não. É importante desmistificar alguns estigmas associados à pessoa que pode estar pensando em tirar a própria vida:

- Não é falta de fé;

- Quem fala sobre isso não necessariamente o faz;

- É importante falar sobre a morte;

- Não se limita apenas aos depressivos clássicos.

O lema deste ano é: "Se precisar, peça ajuda."

Onde podemos buscar auxílio para o sofrimento que estamos enfrentando?

O Centro de Valorização da Vida (CVV) no número 188 tem voluntários disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana, para atender essas pessoas e oferecer apoio.


Os centros acadêmicos de universidades que oferecem o curso de psicologia muitas vezes disponibilizam atendimentos voltados à população a preços sociais ou gratuitos. Ter uma rede de apoio ajuda a superar momentos difíceis. Além disso, a rede pública de saúde, as UPAs e clínicas da família também oferecem suporte.


Com este breve texto, busco fornecer informações que possam nos ajudar a abordar essa situação delicada em nossa sociedade, para que possamos enfrentar esse momento complexo na vida de cada pessoa e de suas famílias. É importante incluir os familiares no processo de acolhimento, pois eles também necessitam de apoio.


Se você acredita que está vivenciando uma tristeza persistente, falta de ânimo para realizar atividades que antes eram prazerosas, desejo de se isolar e sentimentos de solidão, procure ajuda profissional. Você não está sozinho. Se precisar, peça ajuda!


Referência:

Por: Bianca Brotherhood


23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page